Abrir o menú principal

Cambios

→‎Traxectoria: remato a tradución
Coa chegada da República Portuguesa a capelanía castrense foi extinguida e pasou ao ensino oficial. Abandonou o sacerdocio e casou polo civil con Matilde Cardoso de Araújo Nunes. Despois seguiu como profesor nos institutos de Beja, Santarém, o Liceu Camões de Lisboa e finalmente no Colégio Militar. Foi nomeado polo Goberno da República vogal secretario da comisión da Reforma Ortográfica de 1911, e en 1913 foi elixido socio correspondente da [[Academia das Ciencias de Lisboa]], institución da que pasou en 1926 á categoría de socio efectivo.
 
En com1914, xa umacoa carreira feitarematada e umacunha sólidalabrada reputaçãoreputación académica como investigador da linguística, em 1914, com 55 anos de idadelingüística, foi nomeado professorprofesor extraordinárioextraordinario de [[FilologiaFiloloxía ClássicaClásica]] da [[FaculdadeFacultade de Letras de Lisboa]]. No ano deEn 1917, emcomo reconhecimentorecoñecemento doao seu saber e ás numerosas contribuiçõescontribucións bibliográficas, foi feitonomeado [[Doutor]] emen Letras e promovidoascendido a professorprofesor catedrático. e emEn 1928 escolhidopasou paraa oser cargodirector deda directorFaculrade, daquelae Faculdade. Emen 1929 retirou-seretirouse da actividade académica por atingir o limite deao idadexubilarse.
{{entradución}}
 
Na suasúa vida profissionalprofesional destacou-se pelospolos seus conhecimentoscoñecementos de [[latim]]latín e de [[grego clássico]]clásico e como um reputado especialista no estudo da [[AntiguidadeAntigüidade Clássica]]Clásica, aamais quede aliavapor umter un perfil discreto e umaunha grandegran capacidade pedagógicapedagóxica. Na FaculdadeFacultade de Letras foi colega e colaborador de [[Leite de Vasconcelos]] e de [[José Maria Rodrigues]], convivendoe comcompañeiro lentes comode [[Adolfo Coelho]], [[Carolina MichaelisMichaëlis de Vasconcelos]] e [[David Lopes]].
Já com uma carreira feita e uma sólida reputação académica como investigador da linguística, em 1914, com 55 anos de idade, foi nomeado professor extraordinário de [[Filologia Clássica]] da [[Faculdade de Letras de Lisboa]]. No ano de 1917, em reconhecimento do seu saber e numerosas contribuições bibliográficas, foi feito [[Doutor]] em Letras e promovido a professor catedrático e em 1928 escolhido para o cargo de director daquela Faculdade. Em 1929 retirou-se da actividade académica por atingir o limite de idade.
 
Xa viúvo, retornou àá [[Igrexa Católica Romana]], quee abandonararecluíuse quando casou, tendo estado algumcerto tempo recolhido no convento franciscano de [[Varatojo]],. mas veio a falecerFinou na suasúa casa de Lisboa, vítimapor demor dunha [[pneumonía]], pouco depois do seu regresso ao catolicismo.
Na sua vida profissional destacou-se pelos seus conhecimentos de [[latim]] e de [[grego clássico]] e como um reputado especialista no estudo da [[Antiguidade Clássica]], a que aliava um perfil discreto e uma grande capacidade pedagógica. Na Faculdade de Letras foi colega e colaborador de [[Leite de Vasconcelos]] e de [[José Maria Rodrigues]], convivendo com lentes como [[Adolfo Coelho]], [[Carolina Michaelis]] e [[David Lopes]].
 
Publicou váriosvarios trabalhostraballos de [[lexicografía]] dialectal e lexicografia histórica e estudos avulsos de [[etimoloxía]] e de [[onomástica]], contribuindocontribuíndo para oao enquadramentoencadramento geralxeral na descriçãodescrición dos fenómenos da fonética histórica da língualingua portuguesa. TambémTamén se dedicou ao estudo e àa ediçãoedición de textos medievais, nomeadamente obras de carácter [[HaiografíaHaxiografía|haxiográfico]], comespecialmente destaque para asdas vidas de santos portugueses, muitasmoitas delas inéditas. Na vertente didáctica, elaborou e publicou compêndioscompendios gramaticais e [[antoloxía]]s (entãoentón designadas ''[[crestomatia]]screstomatías'') destinados a seremseren utilizados pelospolos estudantes liceais. A sua vasta bibliografia versa ainda temas como a toponímia, a história e ade culturasecundaria.
Já viúvo, retornou à [[Igrexa Católica Romana]], que abandonara quando casou, tendo estado algum tempo recolhido no convento franciscano de [[Varatojo]], mas veio a falecer na sua casa de Lisboa, vítima de [[pneumonía]], pouco depois do seu regresso ao catolicismo.
 
Presentou diversos traballos de índole científica como socio correspondente, e depois efectivo, da Academia de Ciencias de Lisboa, á cal cedeu o seu legado literario. Foi tamén membro de varios asociacións académicas e científicas, e participou en congresos e reunións internacionais. Era un notable [[políglota]], falando e escribindo correctamente en varias linguas.
Publicou vários trabalhos de [[lexicografía]] dialectal e lexicografia histórica e estudos avulsos de [[etimoloxía]] e de [[onomástica]], contribuindo para o enquadramento geral na descrição dos fenómenos da fonética histórica da língua portuguesa. Também se dedicou ao estudo e à edição de textos medievais, nomeadamente obras de carácter [[Haiografía|haxiográfico]], com destaque para as vidas de santos portugueses, muitas delas inéditas. Na vertente didáctica, elaborou e publicou compêndios gramaticais e [[antoloxía]]s (então designadas ''[[crestomatia]]s'') destinados a serem utilizados pelos estudantes liceais. A sua vasta bibliografia versa ainda temas como a toponímia, a história e a cultura.
 
A vasta obra literárialiteraria que deixou, emen boa parte actual, temten sido objectoobxecto de artigos, livroslibros e teses académicas. AlgunsAlgúns dos seus inéditos, sobretudoespecialmete obras de literatura, encontram-seencóntranse depositados na [[Academia de CiênciasCiencias de Lisboa]]. É lembrado na [[toponimia]] da cidade de [[Portimão]], onde umaunha ruarúa ostenta o seu nome.
Como sócio correspondente, e depois efectivo, da Academia de Ciências de Lisboa, apresentou vários trabalhos de índole científica naquela instituição, à qual legou o seu espólio literário. Foi ainda membro de várias agremiações académicas e científicas e representou Portugal em congressos e reuniões internacionais. Especialista em filologia clássica era um notável [[poliglota]], falando e escrevendo correctamente em várias línguas.
 
OA grossomaior parte da suasúa bibliografiabibliografía foi publicadopublicada na ''Revista Lusitana'' e no ''Boletim da Academia das Ciências de Lisboa'',. masAmais, é autor de diversas monografias, entre as quais:
A vasta obra literária que deixou, em boa parte actual, tem sido objecto de artigos, livros e teses académicas. Alguns dos seus inéditos, sobretudo obras de literatura, encontram-se depositados na [[Academia de Ciências de Lisboa]]. É lembrado na [[toponimia]] da cidade de [[Portimão]], onde uma rua ostenta o seu nome.
* ''Contos ao Lar'', (1888;)
 
* ''Crónica da Ordem dos Frades Menores (1209-1285)'' (2 volumes, 1918)
O grosso da sua bibliografia foi publicado na ''Revista Lusitana'' e no ''Boletim da Academia das Ciências de Lisboa'', mas é autor de diversas monografias, entre as quais:
* ''Evolução da língua portuguesa, exemplificada em duas lições principalmente da mesma versão da Regra de S. Bento'', (1926;)
* ''Contos ao Lar'', 1888;
* ''CrónicaCantigas da Ordemd'amigo dos Fradestrovadores Menoresgalego-portugueses'' (1209-1285), 23 volumes, 1918;1926-1928)
* ''Cantigas d'amor dos trovadores galego-portugueses'', (1932.)
* ''Evolução da língua portuguesa, exemplificada em duas lições principalmente da mesma versão da Regra de S. Bento'', 1926;
* ''Chrestomatia archaica'', (1906, 2.ª ed., 1921; )
* ''Cantigas d'amigo dos trovadores galego-portugueses'', 3 volumes, 1926-1928;
* ''Compêndio de gramática histórica portuguesa'', (1919;)
* ''Cantigas d'amor dos trovadores galego-portugueses'', 1932.
* ''Florilégio da literatura portuguesa arcaica'', (1932.)
* ''Chrestomatia archaica'', 1906, 2.ª ed., 1921;
* ''Compêndio de gramática histórica portuguesa'', 1919;
* ''Florilégio da literatura portuguesa arcaica'', 1932.
 
==Notas==